Devaneio da madrugada


Como é encantador perceber a cada dia as surpresas que a vida nos apresenta.
A gente está sempre no lugar certo, na hora certa, fazendo exatamente o que devíamos estar fazendo.
É meio louco isso, eu sei. Mas a vida é feita de momentos e eu sei que você já sabe disso. Mas tenho percebido a cada dia como esses momentos são importantes e que se algumas coisas tivessem acontecido antes não teriam o mesmo sabor.
Eu ter vindo morar nesta cidade não foi um mero acaso. Não foi por acaso também que já trabalhei em tantos lugares e conheci tanta gente diferente. E é tão bom aproveitar o melhor de cada uma delas! A roda gira. O círculo se completa e algumas cumprem seu papel e seguem em frente abrindo espaço para outra que vem logo ali. Outras permanecem e se firmam cada vez mais.

Resolvi escrever pensando em tentar explicar, espalhar essa euforia toda que tomou conta de mim nas últimas horas. Tanto que desci do ônibus duas paradas antes para ver se extravasava um pouco desse sentimento para conseguir dormir. Diminuiu, mas não se foi por completo. Aqui dentro ainda está aquela alegriazinha, uma sensação gostosa de felicidade.
O motivo disso tudo? As oportunidades.
Poder fazer algo que a um tempo atrás eu não imaginava que fosse fazer. E curtir MUITO, aproveitar cada minuto. Sair querendo mais.
Quer mais um motivo? Descobrir como as pessoas são incríveis.
Como Deus faz a vida de duas pessoas se cruzarem da maneira mais casual e sábia que pode haver. E como pode surgir um carinho, uma amizade assim, de uma coisa tão simples.
E como uma conversa com alguém que você e sua amiga nunca tinham visto antes pode se tornar inesquecível pelo simples fato de parecer que vocês se conhecem há muito tempo, frequentam sempre esse lugar e compartilham do mesmo conhecimento.

Frase clichê, cujo autor eu desconheço,  para encerrar com o devaneio da madrugada:
“Existem sonhos que não podemos realizar, mas existem realizações que não podemos sonhar.”

Comentários

  1. Que bom poder extravasar a alegria na escrita. eu sou assim, a emoção é que me move a escrever.

    Bjo e aproveita o momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom mesmo Paty! Gostoso poder sentir essa alegria toda.

      Excluir

Postar um comentário

Oi! Obrigada pelo comentário! Ele será respondido aqui mesmo, tá?!
Volte sempre ;)

Postagens mais visitadas deste blog

Rapadurinha de Leite em pó

Feito Por Mim - Suporte para celular - D.I.Y

Dez Mulheres - Marcela Serrano